Teletrabalho ‘dá’ tempo extra. Seis dicas para o gerir de forma eficaz

Como é que se pode fazer uma 'boa' gestão deste tempo extra?

O teletrabalho tornou-se uma realidade para muitos este ano, por força da pandemia, e ainda há empresas que aplicam este regime. De acordo com um estudo da Harvard Business Review, realizado nos EUA, as pessoas poupam, em média, 52 minutos em deslocações quando estão em teletrabalho.

Como é que se pode fazer uma ‘boa’ gestão deste tempo extra? Com base neste tema, a empresa especializada em recrutamento Adecco apresenta seis dicas. Tome nota: 

  1. Crie a sua própria viagem de ida e volta, seja numa simples volta no exterior, de 15 minutos, ou menos, seja a planear o seu dia. 
  2. Dê a si mesmo um ‘Feierabend’: Encontre um ritual que possa marcar o fim do seu dia de trabalho e dar-lhe algo pelo qual ansiar.
  3. Reduza a sua carga de trabalho para um ‘must win’ diário. Esteja focado no seu objetivo do dia e não se distraia com emails ou whatsapp. Isto evita que se afogue em trabalho e que mantenha um objetivo claro. 
  4. Marque o ‘tempo proativo’ no seu calendário. A marcação diária de um bloqueio na agenda, no qual desliga todas as distrações e se concentra em tarefas específicas, ajuda as pessoas a sentirem-se mais eficazes e menos sobrecarregadas. 
  5. Recupere o social do distanciamento social. As estratégias acima referidas podem ajudá-lo a recuperar algum do seu tempo. (…) Tal como o agendamento proativo durante o dia de trabalho, recomendamos que seja proativo no agendamento de atividades de lazer ativas após o trabalho. 
  6. Experiencie técnicas de gestão do tempo. Mesmo depois das restrições pandémicas serem levantadas, é uma boa ideia continuar a experimentar novos esquemas de gestão do tempo para ver o que funciona melhor para si.