Contas nacionais. Afinal, excedente no ano passado foi de 0,1% do PIB

Os dados foram divulgados pelo INE.

“Em 2019, pela primeira vez na atual série de Contas Nacionais iniciada em 1995, as Administrações Públicas registaram um saldo positivo, embora de apenas 0,1% do PIB. Este resultado foi devido essencialmente ao aumento das receitas de contribuições sociais e de impostos sobre a produção e importação (taxas de variação 5,9% e 3,6%, respetivamente)”, pode ler-se no relatório do INE. 

Em março o INE informou que o saldo orçamental do ano passado resultou num excedente de 0,2% do PIB, em contabilidade nacional, correspondente a 403,9 milhões de euros.

[Notícia em atualização]