Como Calcular o valor da sua empresa

Financial data analyzing. Counting on calculator.

Se o leitor possui um negócio próprio, já se deve ter deparado com alguma situação em que foi preciso entender como calcular o valor da empresa e saber qual o seu real valor.

Nos dias atuais, existem várias técnicas específicas para realizar a avaliação de empresas, que também pode ser conhecida como business valuation.

Se se trata de uma empresa que seja uma sociedade anónima que tem presença na bolsa de valores, podemos enfrentar um problema complexo e dispendioso para estabelecer o valor da empresa dependendo da sua dimensão e complexidade.

Uma maneira simples, mas muito realista de determinar o valor de uma empresa ou negócio, baseia-se no potencial de geração de utilidade.

Assim sendo, gostaria de saber como calcular o valor da sua empresa?

Este pode ser um exercício prático que você pode desenvolver como proprietário para saber qual pode ser o valor do seu empreendimento em funcionamento ou para determinar o valor de venda da empresa.

Em ambas as situações, para determinar o valor deve-se utilizar como referência os benefícios mensais que o negócio gera para o seu proprietário.

Façamos então um pequeno exercício. Suponhamos que o dono de um armazém recebe lucros mensais de $2.000.000. Se o proprietário está a pensar vender o negócio ou simplesmente quer saber quanto vale, devemos saber o que o proprietário faria com o dinheiro que receberá da venda.

Existem vários destinos para investir o seu dinheiro e alternativas que implicam uma rendibilidade esperada, pois todas as atividades comerciais, industriais e de serviço representam riscos diferentes, pelo que geram rendibilidades diferentes.

Vamos supor agora que o proprietário colocaria esse dinheiro da venda numa entidade financeira que paga 2% mensal. Esta taxa de referência com a taxa de juro do sector financeiro, para analisar este tipo de decisões em pequenas empresas, é feita tendo em conta que é uma informação fácil de obter, supondo também que a taxa de captação do mercado é aquela em que um investidor pode colocar o seu dinheiro em condições de risco mínimo.

Com estes dados nós determinamos então o valor que o proprietário usaria como ponto de referência na afixação do preço do armazém. O que se faz é calcular o montante que colocado a 2% mensal produza os $2.000.000 mensais de utilidade recebida, ou seja, 2.000.000/2% esta relação dá-nos como resultado o montante de $100.000.000.

Esse resultado, $100 milhões sugere que este é o valor do armazém ou o valor mínimo que o proprietário estaria disposto a aceitar se quisesse vendê-lo, já que, este valor colocado àquela taxa produz os mesmos $2 milhões que atualmente recebe pelo seu negócio.

Este é um exercício prático e simples que permite calcular o valor de uma empresa sem grande complexidade, e que pode ser útil. Claro que há métodos mais precisos e complexos para estimar o valor de uma empresa.

FONTEFalando de finanças
Artigo anteriorComboios urbanos de Lisboa, Porto e Coimbra vão ter bilhetes a 1 euro
Próximo artigoMercado automóvel sobe 27% mas ainda abaixo das vendas em 2019