Tesla desvaloriza 50 mil milhões de dólares depois de Musk anunciar que baterias mais baratas vão demorar três anos a chegar

Elon Musk apontou que a marca pode vir a desenvolver um carro de 25 mil dólares (21 mil euros) no espaço de três anos.

O valor de mercado da Tesla caiu 50 mil milhões de dólares (42,7 mil milhões de euros), mesmo depois da promessa do seu presidente executivo de cortar os custos dos veículos elétricos. Elon Musk fez o anuncio de que já estariam a trabalhar em baterias mais baratas, mas avisou que estas vão demorar pelo menos três anos até chegarem ao mercado e serem introduzidas nos seus carros, segundo a “Reuters”.

A capitalização de mercado da Tesla caiu 20 mil milhões de dólares (17 mil milhões de euros) em apenas duas horas após o fecho das negociações na terça-feira, dia 22 de setembro, quando Musk e outros executivos da Tesla apresentaram as suas novas baterias e estratégias de produção. As ações fecharam em queda de 5,6% e caíram mais 6,9% após o encerramento da bolsa.

Os investidores esperavam dois anúncios significativos no tão elogiado “dia da bateria” de Musk. O desenvolvimento de uma bateria de “milhões de milhas” com validade de 10 anos ou mais e uma meta de redução de custo específica – expressa em dólares por quilowatt-hora – que finalmente colocaria o preço de um veículo elétrico abaixo do de um carro a gasolina.

Musk não ofereceu nenhum dos dois. Em vez disso, prometeu que, ao longo dos próximos anos, reduziria os custos da bateria para metade com novas tecnologias e processos com o objetivo de produzir um carro elétrico “acessível”.

“Em três anos . . . podemos fazer um carro de 25 mil dólares (21 mil euros) que estará basicamente no mesmo nível, talvez até um pouco melhor do que um carro a gasolina comparável”, disse Musk.

Musk reconheceu que a Tesla não tem os seus ambiciosos designs de veículos e baterias em conjunto com os processos de fabrico totalmente concluídos. A Tesla espera ser capaz de construir até 20 milhões de veículos elétricos por ano. Em 2020, toda a indústria automobilística espera entregar 80 milhões de carros a nível global.

Construir um carro elétrico acessível “sempre foi nosso sonho desde o início da empresa”, disse Musk a uma audiência online de mais de 270 mil pessoas.

A Tesla também apresentou na terça-feira um novo ‘Model S Plaid’, um carro com alcance para 830 quilómetros, que pode atingir velocidades máximas de até 320 quilómetros por hora, com as entregas agendadas para 2021. O Plaid estava listado no site da Tesla a um preço de quase 140 mil dólares (119 mil euros).