Nove coisas que não deve comprar antes da Black Friday

O Notícias ao Minuto preparou uma lista com os produtos que não deve mesmo comprar nos dias antes da Black Friday. Conheça-os aqui.

O Notícias ao Minuto preparou uma lista com os produtos que não deve mesmo comprar nos dias antes da Black Friday. Conheça-os aqui.

Falta pouco mais de uma semana para a Black Friday, que este ano acontece a 26 de novembro, e, por isso, este artigo é sobre aqueles produtos que não deve mesmo comprar antes desse dia, porque muito provavelmente entrarão em desconto nessa altura. 

Com base em artigos publicados em anos anteriores por sites internacionais, como este da Entrepreneur, o Notícias ao Minuto preparou uma lista com os produtos que não deve mesmo comprar nos dias antes da Black Friday. São os seguintes: 

  1. Televisões – As televisões são um daqueles produtos que, por norma, entram sempre em desconto na Black Friday. Se está a pensar comprar uma, espere mais uns dias;
  2. Computadores – Tal como as televisões, também é possível encontrar portáteis em desconto na Black Friday. Fique atento às campanhas das várias marcas;
  3. Tablets – Mais um produto de tecnologia que é melhor esperar pela próxima semana;
  4. Jogos e consolas – Segundo um estudo da Zoom, citado pelo site infomoney, a categoria de jogos chegou a ter descontos superiores a 75% em 2016 em determinados produtos;
  5. Equipamentos de fitness – Está a pensar comprar um relógio para monitorizar o exercício físico ou, por exemplo, uma bicicleta? A Black Friday também costuma ser uma boa altura para fazer estes negócios, por isso pode valer a pena esperar pela última sexta-feira do mês;
  6. Smartphones – Provavelmente não haverá grandes descontos nos modelos mais recentes das marcas mais conhecidas, mas é possível que encontre descontos em vários smartphones;
  7. Máquinas fotográficas – Se é um amante de fotografia e pensa comprar uma máquina fotográfica esperar pela Black Friday também pode ser uma boa opção; 
  8. Roupa – Nos últimos anos várias marcas de roupa têm aderido à Black Friday, proporcionando descontos aos clientes. Se precisa de roupa, faça uma lista e espere pelo final da próxima semana, pois pode valer a pena; 
  9. Viagens e hotéis – Depois de uma pandemia, quem não quer viajar? Esta altura do ano é também propícia a descontos por parte de empresas de turismo. Fique atento às campanhas das companhias aéreas e de hotéis ou outras unidades de alojamento. 

Leia Também: Entusiasmado com a Black Friday? Eis algumas dicas de segurança

FONTENoticias ao minuto
Artigo anteriorGestão de finanças pessoais
Próximo artigoChegou a Portugal e precisa de pedir o NIF? Eis o que deve fazer