Início Mercados Bolsas europeias em alta, animadas com novas ajudas de Washington

Bolsas europeias em alta, animadas com novas ajudas de Washington

As principais bolsas europeias abriram hoje em alta, animadas com as ajudas aprovadas nos Estados Unidos para os desempregados e com os dados da inflação da China.

Cerca das 09:05 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,53% para 365,49 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,76%, 0,46% e 0,21%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 1,21% e 0,59%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:05, o principal índice, o PSI20, subia 0,56% para 4.391,95 pontos.

Os novos estímulos para desempregados aprovados no sábado pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, estavam hoje a animar as bolsas europeias pelo impacto económico que terão.

As sanções impostas por Washington a Hong Kong estavam a atingir a bolsa deste enclave, que descia 0,6%, enquanto a bolsa de Tóquio permaneceu fechada devido a um feriado.

A inflação na China subiu duas décimas em julho para 2,7%.

Na sexta-feira, a bolsa de Nova Iorque fechou mista, com o Dow Jones a avançar 0,17% para 27.433,48 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

Em sentido contrário, o Nasdaq fechou a descer 0,87% para 11.010,98 pontos contra o atual máximo de sempre, de 11.108,07 pontos, em 6 de agosto.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1765 dólares, contra 1,1787 dólares na sexta-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1880 dólares em 06 de agosto.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro abriu com tendência ascendente, a cotar-se a 44,77 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 44,40 dólares na sexta-feira.